ONS: Afluências recuam e estão abaixo da média em todo o país

Simple Energy, 10 de fevereiro de 2017

A primeira revisão do Programa Mensal de Operação para o mês de fevereiro apresentou uma leve variação nas afluências previstas para o final desse período em comparação com a semana passada. O índice de Energia Natural Afluente esperado para o Sudeste/Centro-Oeste variou apenas um ponto porcentual, de 86% para 85% da média de longo termo. No Nordeste houve um leve aumento de 26% para 28%, no Norte aumentou de 60% para 64% da MLT. No Sul a queda foi mais acentuada, passando de 117% para 94% da média histórica.

A projeção de carga apresentou um leve arrefecimento ante a previsão de sete dias atrás. Caiu de 1,8% para 1,7% de crescimento quando comparado ao mesmo período do ano passado. De acordo com o Operador Nacional do Sistema Elétrico, a carga deverá alcançar 69.425 MW médios. Houve uma retração no consumo esperado para o Sul, que recuou de 1,3% de alta para apenas 0,6% de expansão. No Sudeste/Centro-Oeste continua em aumento de 1,3%, no Nordeste está mantida a previsão de crescimento de 6,6% e no Norte a queda é menor, passou de -2,6% para 1,5% negativo.

O operador projeta que as vazões deverão ficar acima da média de longo termo apenas no Sul onde se espera 117% da média histórica de energia natural afluente. Para o submercado Sudeste/Centro-Oeste, a estimativa é de 86% e no Norte é de 64% da MLT.

Já para o Nordeste a previsão aponta para mais um mês de pressão, com a ENA projetada de apenas 26% da MLT no período.

Houve ainda um leve aumento no CMO médio, mas continua abaixo da casa de R$ 100/MWh em quase todo o país. A exceção continua sendo a região Nordeste onde os valores da semana anterior estão mantidos. A carga pesada e média nessa região ficou em R$ 179,74/MWh contra R$ 95,51/MWh no SE/CO e R$ R$ 84,50/MWh no Norte. A leve no NE está em R$ 171,33/MWh, R$ 92,96/MWh e R$ 84,48/MWh, respectivamente.

Em termos de nível de armazenamento de reservatórios a tendência é de redução ante a estimativa original do PMO. No SE/CO recuou de 46,4% estimados ao fechamento de fevereiro para 44,5%, no Sul passou de 58,1% para 57%, no Norte a queda é leve, passou de 28,4% para 28,1%. No NE há a única previsão de elevação de 19,3% para 20,2%.

Fonte: CanalEnergia Site externo.

Av. Das Nações Unidas, 14.171 - Marble Tower - 11º andar - Brooklin Novo

Tel: 2199 9400 - São Paulo - SP

Copyright 2017 - Simple Energy - Todos os direitos reservados