Aneel avalia mudança nos limites do PLD

Simple Energy Post, 29 de Agosto de 2014

Segundo matéria publicada pelo Jornal do Comércio em 27 de Agosto, A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) estuda fazer uma revisão mais profunda nos valores mínimos e máximos do Preço de Liquidação de Diferenças (PLD), que baliza o mercado de curto prazo de energia. Uma possibilidade é alterar, a partir do ano que vem, a termelétrica usada como referência no cálculo do PLD, mas preservando a metodologia de cálculo. A térmica em questão (Camaçari), foi escolhida há mais de dez anos, e a há dúvidas se ela continua sendo a mais representativa no processo de liquidação do PLD. Esta notícia ecoa o que havia sido dito anteriormente pelo presidente da Empresa de Pesquisas Energéticas (EPE), Maurício Tolmasquim, que afirmou que se deve criar um mecanismo que diminua o risco do agente para quando o PLD se mantiver alto por muito tempo, mas que qualquer mudança na fórmula do Preço de Liquidação das Diferenças deverá ser feita apenas no momento em que o preço retomar ao seu patamar de normalidade. 

 

 

 

DISCLAIMER: As informações apresentadas neste material foram elaboradas pela Simple Energy e refletem condições de mercado e cenários atuais. Trata-se de material meramente informativo com direitos de propriedade intelectual pertencentes à Simple Energy e, portanto, destacamos a não responsabilidade por ações tomadas com base neste informe.

Av. Das Nações Unidas, 14.171 - Marble Tower - 11º andar - Brooklin Novo

Tel: 2199 9400 - São Paulo - SP

Copyright 2017 - Simple Energy - Todos os direitos reservados