Governo pode ser desafiado a buscar nova ajuda financeira

Simple Energy Post, 05 de Novembro de 2014

Segundo matéria publicada pelo jornal Valor Econômico, o governo pode ser desafiado a buscar uma nova ajuda financeira ao setor elétrico se o crédito bancário, no valor total de R$ 17,8 bilhões, esgotar antes do fim do ano. Até setembro, as distribuidoras gastaram 91,6% destes recursos. Resta apenas a disponibilidade de R$ 1,5 bilhão para atender a necessidade de recursos para os meses de outubro, novembro e dezembro. Para que o financiamento dos bancos seja suficiente, a despesa das distribuidoras com a compra de energia no último trimestre de 2014 deve ficar na média mensal de até R$ 500 milhões.

Em outubro, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) fixou os valores dos recursos da Conta no Ambiente de Contratação Regulada (Conta-ACR), referentes à competência de setembro de 2014. No total R$1,88 bilhão será repassado às concessionárias de distribuição de energia elétrica até 5 de novembro de 2014, nas contas correntes vinculadas à liquidação das operações do mercado de curto prazo junto à Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE). A Cemig receberá o maior valor: R$298,7 milhões; seguido de Light (R$175,4 milhões) e Coelba (R$146,8 milhões). 





DISCLAIMER: As informações apresentadas neste materianl foram elaboradas pela Simple Energy e refletem condições de mercado e cenários atuais. Trata-se de material meramente informativo com direitos de propriedade intelectual pertencentes à Simple Energy e, portanto, destacamos a não responsabilidade por ações tomadas com base neste informe. 

Av. Das Nações Unidas, 14.171 - Marble Tower - 11º andar - Brooklin Novo

Tel: 2199 9400 - São Paulo - SP

Copyright 2017 - Simple Energy - Todos os direitos reservados