Economia fraca derruba lucro no trimestre

Simple Energy Post, 28 de Novembro de 2014

A atividade econômica fraca no Brasil e a alta no dólar do fim de setembro ditaram a tendência de baixa dos resultados do terceiro trimestre de 2014. Com espaço menor para melhorar eficiência, os custos e as despesas das companhias voltaram a crescer mais que a receita, com impacto direto no resultado operacional. Além disso, houve um aumento no prejuízo financeiro, que reduziu ainda mais os ganhos nos três meses.

Segundo levantamento do jornal Valor Econômico com 263 empresas, o lucro das companhias abertas caiu 25% no trimestre, quando comparado com o mesmo período do ano passado, para R$ 12,8 bilhões.

Foram excluídas da amostra a mineradora Vale e a holding do setor elétrico Eletrobras, que, pelo porte, acabam distorcendo os números do grupo (se consideradas, o lucro cairia 71%). Os dados também não incluem a Petrobras, que adiou a divulgação do balanço do trimestre em meio ao escândalo de corrupção na empresa.

A receita líquida nos meses de julho, agosto e setembro avançou 9,7% no levantamento sem as gigantes, para R$ 297,2 bilhões. Os custos subiram 11,6%, as despesas gerais e administrativas tiveram aumento de 18,9% e as despesas com vendas ficaram 10% maiores.



DISCLAIMER: As informações apresentadas neste materianl foram elaboradas pela Simple Energy e refletem condições de mercado e cenários atuais. Trata-se de material meramente informativo com direitos de propriedade intelectual pertencentes à Simple Energy e, portanto, destacamos a não responsabilidade por ações tomadas com base neste informe.

Av. Das Nações Unidas, 14.171 - Marble Tower - 11º andar - Brooklin Novo

Tel: 2199 9400 - São Paulo - SP

Copyright 2017 - Simple Energy - Todos os direitos reservados