Preço administrado ameaça teto da meta de inflação em 2015

Simple Energy Post, 23 de Dezembro de 2014

O quadro mais restritivo para a demanda, com atividade econômica fraca, juros mais altos e ajuste fiscal em curso, deve finalmente moderar os repasses no setor de serviços em 2015, mas não será suficiente para tirar a inflação do topo da meta. Segundo matéria publicada pelo jornal Valor Econômico, o alívio previsto para os preços livres, que não é muito expressivo, será totalmente mitigado pelos reajustes esperados para os itens administrados, em especial energia, gasolina e ônibus urbano, que podem fazer com que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) estoure o teto da meta no primeiro ano do segundo mandato de Dilma Rousseff, alcançando 6,75% no período.




DISCLAIMER: As informações apresentadas neste material foram elaboradas pela Simple Energy e refletem condições de mercado e cenários atuais. Trata-se de material meramente informativo com direitos de propriedade intelectual pertencentes à Simple Energy e, portanto, destacamos a não responsabilidade por ações tomadas com base neste informe.

Av. Das Nações Unidas, 14.171 - Marble Tower - 11º andar - Brooklin Novo

Tel: 2199 9400 - São Paulo - SP

Copyright 2017 - Simple Energy - Todos os direitos reservados