62% das obras de transmissão estão atrasadas

Simple Energy Post, 30 de outubro de 2015

Segundo levantamento feito pela Superintendência de Fiscalização dos Serviços de Eletricidade da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o atraso médio dos empreendimentos monitorados soma 503 dias. O relatório mostra que 27,55% das obras estão caminhando normalmente e em apenas 9,09% dos casos há um adiantamento do calendário.

Segundo a Aneel, os empreendimentos possuem mais de um fator de atraso. Entre as principais causas estão os procedimentos relacionados à elaboração de projetos e assinaturas de contratos, compra de materiais, execução física da obra e o licenciamento ambiental.

Entre os empreendimentos monitorados, 78 merecem a atenção especial por se tratarem de obras importantes para o escoamento da energia produzida por usinas eólicas na região Nordeste e no Rio Grande do Sul, e hidrelétricas como Belo Monte, Teles Pires e térmicas, bem como reforços para o atendimento das Olimpíadas 2016 e a interligação da capital Boa Vista.






DISCLAIMER: As informações apresentadas neste material foram elaboradas pela Simple Energy e refletem condições de mercado e cenários atuais. Trata-se de material meramente informativo com direitos de propriedade intelectual pertencentes à Simple Energy e, portanto, destacamos a não responsabilidade por ações tomadas com base neste informe.

Av. Das Nações Unidas, 14.171 - Marble Tower - 11º andar - Brooklin Novo

Tel: 2199 9400 - São Paulo - SP

Copyright 2017 - Simple Energy - Todos os direitos reservados