Demora no empréstimo às distribuidoras cria instabilidade

Simple Energy Post, 1 de Agosto de 2014

A indefinição sobre o empréstimo destinado ao pagamento das despesas adicionais das distribuidoras com compra de energia "cria instabilidade no setor elétrico", na opinião do presidente do Conselho de Administração da Associação Brasileira dos Produtores Independentes de Energia Elétrica, Luiz Fernando Vianna, de acordo com matéria publicada pela Agência Canal Energia do dia 29 de Julho. Afetados pelo adiamento de parte da liquidação das operações de maio no mercado de curto prazo, os geradores defendem um esforço maior para a aprovação do empréstimo de R$ 6,5 bilhões, negociado pelo governo com bancos públicos e privados.

O executivo da Apine reconhece que fazer um empréstimo desse porte "não é uma situação trivial". Mas revela o receio dos produtores independentes de que o problema de maio se repita na liquidação de junho, marcada para os dias 6 e 7 de agosto, pois não existem garantias de que haverá recursos suficientes ou de que o pagamento não será adiado também. E alerta que sem parte dos créditos da liquidação de determinado mês, os geradores têm dificuldades para honrar seus compromissos no mês seguinte.

 

 

 

DISCLAIMER: As informações apresentadas neste material foram elaboradas pela Simple Energy e refletem condições de mercado e cenários atuais. Trata-se de material meramente informativo com direitos de propriedade intelectual pertencentes à Simple Energy e, portanto, destacamos a não responsabilidade por ações tomadas com base neste informe. 

Av. Das Nações Unidas, 14.171 - Marble Tower - 11º andar - Brooklin Novo

Tel: 2199 9400 - São Paulo - SP

Copyright 2017 - Simple Energy - Todos os direitos reservados